Há vários anos eu utilizo serviços de armazenamento de arquivos na nuvem. Já usei o OneDrive (desde quando era SkyDrive), Google Drive (desde quando era GDrive), Copy (que encerrará as operações no próximo 01 de maio), ADrive, Ubuntu e outros que nem me recordo mais.

O melhor destes era o Copy, que tinha uma excelente performance e ainda me concedia 5GB de espaço para cada convite aceito, confirmado e instalado. Porém, não posso mais contar com ele.
Assim, resolvi escrever este post para ajudá-lo a encontrar um bom serviço de armazenamento de arquivos na nuvem.
Continue lendo

A Google recentemente liberou o seu novo gerenciador de favoritos do navegador Chrome, chamado de Google Bookmark Manager – disponível para todos a partir da versão 42.

Acontece que muitas pessoas (incluindo este que vos escreve) não gostaram da alteração. O que era para simplificar, acabou complicando a vida de quem gosta de manter seus favoritos organizados em muitas pastas (como este que vos escreve).

Assim, procurei (e encontrei) uma forma de retornar à versão antiga dos Favoritos do Chrome.
Continue lendo

Se tem uma coisa que me deixa chateado, principalmente pelo fato de nem ao menos respeitarem um horário de descanso, é o recebimento dos SMS de propaganda das operadoras (no meu caso, especificamente, a Vivo e a TIM).

Eu jamais teria aceitado receber estas mensagens, mas eles insistem em enviar e não te dizem como parar o recebimento.
Além de afetarem a produtividade,

Então, hoje eu descobri uma forma de estancar esse aborrecimento e vou direto ao ponto para você também não se aborrecer mais:
Continue lendo

O Google, enfim, anunciou o encerramento da rede social Orkut.
Este já era um passo esperado há algum tempo pela comunidade, já que a aposta da empresa é o Google+, que foi criado para competir frente a frente com o Facebook.

Durante muitos anos o Orkut foi a principal rede social no mundo (e a primeira a atingir o status de queridinha das pessoas), porém seu declínio começou quando as pessoas intensificaram as postagens inúteis e, ao mesmo tempo, o Facebook se popularizou (criando novas ferramentas e funcionalidades), gerando informação mais relevante e criando uma plataforma, ao invés de meramente uma rede social. (No entanto, o ciclo parece se repetir e o Facebook está caindo na mesma armadilha que o Orkut). Continue lendo